Simpósio vai debater Administração Compartilhada de Espaços Urbanos

E-mail Imprimir PDF

A partir das 9h desta segunda feira, no  Bristol Metrópole Hotel, prefeitos e empresários de todo o Brasil e países vizinhos terão a oportunidade de conhecer um novo conceito de administração de espaços urbanos, modelo adotado por cidades do Canadá e Estados Unidos na revitalização de áreas comerciais degradadas. O Simpósio de Administração Compartilhada de Espaços Urbanos, que se inicia hoje em Maringá, trará ao Brasil três dos maiores especialistas internacionais em soluções públicas para médias cidades: John Lambeth, David Feehan e Dennis Burns. A proposta do evento é apresentar a adaptação para o Brasil do conceito dos BIDs – Business Improvement Districts, projeto inovador na recuperação de áreas com potencial econômico. O modelo, aqui chamado de Áreas de Recuperação Econômica (AREs), foi implantado e aprovado no Rio de Janeiro. Se trata de uma parceria público-privada, no caso brasileiro entre a Prefeitura e a Associação Comercial do Rio de Janeiro. A ARE é uma organização formada...

        A ARE é uma organização formada voluntariamente por proprietários e titulares de domínio dos imóveis da área a ser beneficada, que se unem ao poder público para promover a revitalização econômica da região. Através da permissão aprovada em Lei Municipal, o município realiza melhorias e amplia serviços prestados na área, enquanto a iniciativa privada promove a revitalização e adota serviços que melhoram as condições da área. 

        A administração e gestão das AREs fica à cargo das Organizações Privadas de Revitalização Econômica (OPREs), formada por representantes dos setores envolvidos.  A criação das AREs valoriza as áreas incluídas no processo de revitalização, reduz a ociosidade dos imóveis e traz mais segurança, atraindo mais consumidores e visitantes.

        Maringá sedia o Simpósio porque já desenvolve o conceito de parceria público/privada para a revitalização da avenida Brasil, principal via comercial da cidade.

 

        Temas do Simpósio

       Financiamento: Como funciona a captação de recursos das AREs? Como os recursos são investidos nos diversos tipos de melhorias e na revitalização de seus territórios?

       Marketing: Apresentação de casos onde a mídia impressa e eletrônica bem como o marketing de relacionamento viabilizaram a recuperação econômica e a promoção positiva de diversas cidades através da realização de campanhas, eventos e festivais.

       Segurança: Como esquemas complementares de segurança podem ser organizados e implementados? Que atividades são mais bem sucedidas e que tipos de equívocos não podem ser repetidos?

       Reurbanização: Como os recursos das AREs podem ser usados para financiar melhorias urbanísticas de impacto imediato, como recuperação de calçadas e substituição de mobiliário urbano, bem como projetos de longo prazo, como nova iluminação pública e paisagismo.

       Estacionamento: Experiências, idéias, sugestões para administração da problemática do estacionamento rotativo e dos conflitos entre estacionamento de rua e a fluidez do trânsito, ambos com impactos importantes no comércio.

       Desafio Brasileiro: A visão do Ministério das Cidades quanto ao programa das Áreas de Recuperação Econômica. Perspectivas de cooperação interinstitucional dos diversos níveis de governo.

       O Projeto de Maringá: Apresentação da proposta que está sendo implementada em Maringá como alternativa jurídica para iniciar a instituição das AREs no Brasil.

       Debates: Oportunidade de amplo debate, perguntas e respostas, apresentação de sugestões e experiências que cidades brasileiras já tenham.

  Programação

 Dia 30 de agosto – Bristol Metrópole Hotel

 8h30 – Inscrições

 9h – Abertura oficial

 9h30 – Situação atual das AREs – Orlando Lima (Associação Comercial do Rio de Janeiro) e Elcione Diniz Macedo (Ministério das Cidades)

 10h – David Feehan – O que são e cono funcionam os BIDs – Business Improvement Districts

 11h15 – Dennis Burns – Idéias e experiências para estacionamentos rotativos

 12h30 – Almoço de trabalho e troca de experiências

 13h30 – John Lambeth – Aspectos jurídicos e institucionais dos BIDs

 15h – A proposta de Maringá – Uma opção de aplicação imediata

 16h – Próximos passos – Discussão de uma estratégia para o avanço do conceito no Brasil

 17h Encerramento                                                (inf. ass. com. Pref. de Maringá)

Última atualização ( Seg, 30 de Agosto de 2010 10:29 )  

Adicionar comentário

O seu comentário será publicado na postagem referida, caso não tenha nenhum tipo de ofensa e será liberado após verificação pelo administrador do site Manchete.


Código de segurança
Atualizar

FACEBOOK

UNIFAMMA

unifamma

VIAPAR FAZ

Tudo Novo !

expresso maringá
Clique na foto e veja o video

Diversão

DO YOU REMEMBER?
RPM - Alvorada Voraz (1986)   Dim lights ...
O professor de biologia resolve fazer uma prova oral. Chama a aluna: – Existe uma parte do corpo do homem que pode se ...

Pan News Jovem Pan 101.3FM

JOVEM PAN

Mundo Rural

claudio coelho

WHATSAPP MANCHETE

whatsapp

ESTETICA ACADEMIA

estética

Estância Tamarana

estancia tamarana 2015
Pousada Rural
(43) 3398-1681

TWITTER MANCHETE

RSS MANCHETE

rss

PARCEIROS

LINKS :

rigon
anderson lopez
messias mendes

andre almenara folha

edson lima

tabajara

jp

flavio psicologo
antonio marcos

roque
radar maringa
gilmar oséias
BLOG DO CARLÃO MARINGÁ

LUCAS CABRAL
CARLOS OHARA
BLOG LEANDRO OLIVEIRA
BORRAZÓPOLIS NOTÍCIAS
BLOG DO MOCHI
MARINGÁ DA DEPRÊ

BLOG DO ZEQUINHA

FOLHA DE MARINGÁ
FOLHA APUCARANA
FOLHA REGIONAL DE CIANORTE
LAURO BARBOSA
MANDAGUARI ON LINE

BLOG PAIÇANDU AVANTE

PARANA NOTICIAS
PORTAL CGN
BLOG ROBY NEWS
PAICANDU NOTICIAS

BLOG DO MARCINHO PINHEIRO
RADAR DA NOTÍCIA

RUBENS SILVA/MANDAGUARI
PORTAL AGORA

Diversão

DO YOU REMEMBER?
RPM - Alvorada Voraz (1986)   Dim lights ...
O professor de biologia resolve fazer uma prova oral. Chama a aluna: – Existe uma parte do corpo do homem que pode se ...