Câmara vota inclusão de desfibrilador automático em postos de combustíveis

Imprimir

Na sessão ordinária desta terça-feira (30), o plenário da Câmara Municipal de Maringá votará, em primeira discussão, projeto do vereador Jones Darc (PP) alterando a redação da lei 8924/2011 que torna obrigatória a manutenção de aparelho desfibrilador externo automático e de profissional treinado em primeiros socorros em eventos de grande concentração. A proposta é incluir o equipamento e o profissional capacitado também em postos de combustível.
Em primeira discussão, será votado projeto de todos os vereadores que declara de utilidade pública o prédio do Cine Teatro Plaza, na Zona 1.
Em primeira discussão, será votado projeto do vereador Ulisses Maia (SDD) proibindo o bloqueio de via pública em função de obra civil ou arquitetônica, bem como de carga e descarga realizadas por veículos de tração automotora, elétrica, de propulsão humana, de tração animal, reboque ou semi-reboque entre as 8h e 9h, e entre 17h e 19h, de segunda a sexta-feira, exceto nos feriados.