Algo de errado no comitê

Imprimir

Entre os cheques levados por coordenadores da campanha de Beto Richa para serem trocados por dinheiro vivo com ágio de 10% está este acima, em nome de Felippe George Gomes Gatti, no valor de R$ 1.050,00.
Felippe, à época, era fiscal de eleição da Justiça Eleitoral, e dava expediente na 137ª Zona Eleitoral, trabalhando para uma empresa terceirizada, da qual foi desligado posteriormente, e se dedicava à campanha só sábado e domingo. Não se sabe se o cheque chegou às suas mãos, ou se repetiu-se o que aconteceu com outros, que recebiam em dinheiro; de qualquer forma, o cheque tem data do dia 3 e a troca foi tentada no dia 13. Hoje ele dá tempo integral na campanha, informou o blog do Rigon.