Jovem é assassinado com 20 tiros em Sarandi

Imprimir

O servente de pedreiro Willian Oliveira Santos, 23 anos, foi executado com aproximadamente 20 tiros na tarde desta sexta-feira (28) em Sarandi

O crime aconteceu por volta das 16h45 em uma estrada rural próxima ao Jardim Novo Independência. Santos foi morto quando retornava da casa de uma amiga da família, localizada na zona rural do município.
Segundo a mãe da vítima, dona Zenilda de Oliveira Campos, o rapaz saiu de casa no meio da tarde com a moto do irmão para procurar um lugar para guardar um cavalo de sua propriedade. O crime ocorreu no momento em que o rapaz retornava para a cidade pela Estrada do Oito, cerca de mil metros distante da casa onde a vítima morava com os pais na Rua 15, no Jardim Novo Independência.
De acordo com a polícia, o servente de pedreiro foi morto com uma pistola calibre 9 mm. Pelo menos 20 tiros acertaram a vítima, que caiu morta ao lado da moto que conduzia ao ser surpreendido pelo atirador. Populares disseram ter ouvido os disparos, mas não souberam repassar características do autor.
Assim que souberam do homicídio, familiares e amigos foram até o local do crime. Aos prantos, dona Zenilda estava inconformada com a morte do filho, descrito por ela como um rapaz tranquilo e muito trabalhador. Ela afirmou que Santos não era usuário de drogas e não tinha inimigos, comentou tembém que estva separado da sua esposa mas que pretendiam retomar o relacionamento.
A brutalidade do crime também surpreendeu amigos e colegas de trabalho do servente de pedreiro, que reafirmaram a personalidade pacata do rapaz e afirmaram desconhecer os motivos da execução. A polícia confirmou que a vítima não tinha antecedentes criminais e não descarta a hipótese de crime passional.
O corpo de Santos foi removido para o Instituto Médico-Legal (IML) de Maringá.(inf Rosangela Gris e Roberto Silva/foto Agnaldo Vieira)