Se a Justiça deixar, Silvio Barros será candidato

Imprimir

O secretário de Planejamento do governo do Paraná, Silvio Barros, já informou que fica no cargo até 31 de março. Depois, sai da secretaria para ser candidato a prefeito de Maringá.
Só não sabe ainda por qual partido. “Já está decidido. Dia 31 de março saio do governo”, afirma Barros, que já foi prefeito de Maringá por dois mandatos. Antes dele, o seu pai e o irmão, Ricardo Barros (PP), também foram prefeitos da cidade. Atualmente, o antigo vice de Silvio, Carlos Roberto Pupin (PP), está na cadeira, mas não poderá disputar a reeleição. Silvio e Pupin continuam com os bens bloqueados pela Justiça pelo caso Sistema Pri de Engenharia. Na última quinta, Silvio Barros anunciou que saiu do pequeno PHS, do qual era presidente. “No PHS eu ficaria fora dos debates. E em Maringá, como já fui prefeito, são todos contra mim”, disse o secretário ao jornalista Rogério Galindo.

Última atualização ( Dom, 07 de Fevereiro de 2016 12:06 )