Vereador Sabóia 'mijou fora do penico'

Imprimir

Mais um triste episódio da política maringaense, o vereador Carlos Eduardo Sabóia (PMN), mudou seu voto na sessão da Câmara de Maringá, na questão da proibição da construção de casas geminadas em terrenos de até 300 metros. Os vereadores que apoiam a lei do executivo, insistem em dizer que não há proibição, que existe um prazo até julho do ano que vem para quem tenha interesse em se cadastrar.
Sabóia enterrou de vez qualquer pretensão política para o ano de 2012, foi vaiado e pressionado por populares após a votação. No vídeo, o médico diz ser dono de 84 terrenos nos jardins Pinheiros e Porta do Céu, e complementa que votou sem interesses eleitoreiros, como fizeram Zebrão e Bravin (PP).
A cena patética de hoje a tarde no legislativo teve como complemento a desculpa da vereadora Márcia Socreppa e da inaceitável e vergonhosa viagem do menino Flávio Vicente, ambos do PSDB, que não se fizeram presentes a sessão.
Dim lights

Última atualização ( Ter, 18 de Outubro de 2011 22:31 )