Câmara analisa projeto que doa sobras de construção a famílias carentes

Imprimir

Na sessão desta quinta-feira (27), o plenário da Câmara Municipal de Maringá votará dentre outros projetos e requerimentos, em primeira discussão, projeto do vereador Manoel Álvares Sobrinho (PCdoB) dispondo sobre o recebimento, depósito e doação de sobras de materiais de construção para pessoas carentes e entidades beneficentes.
Para isso, o município poderá utilizar como depósito espaços públicos e/ou firmar convênio com particulares. A coleta e entrega dos materiais será gratuita com agendamento da doação via telefone.
Em primeira discussão, será votado o projeto do vereador Carlos Mariucci (PT), proibindo a participação em licitações e a celebração de contratos administrativos de obras, serviços, compras, alienações e locações as empresas e seus sócios condenados em processos criminais, transitado em julgado por corrupção ativa, tráfico de influência, impedimento, perturbação ou fraude de concorrências, formação de quadrilha ou quaisquer outros crimes relacionados à malversação de recursos públicos.