Anjinho: "Não estou arrependido de ter matado o caminhoneiro"

Imprimir

A Polícia Militar de Marialva, através dos soldados Xavier e Gonçalves, prendeu no início da noite desta segunda-feira (23) o acusado de latrocínio – roubo seguido de morte - Marcos Antônio da Costa, conhecido como Anjinho, 22 anos.
O rapaz é apontado como o autor dos golpes que mataram Wilson Camargo Rosendo, 56 anos.
O caminhoneiro aposentado foi assassinado no interior de sua casa no centro de Floresta em 17 de maio. O carro da vítima foi roubado. De acordo com informações da PM, Anjinho estava sentado em um meio-fio da rua João Márcio, no Jardim Planalto, quando foi reconhecido pela equipe que fazia o patrulhamento na área por volta das 18 horas. Ele estava sozinho e não resistiu a prisão. Em depoimento aos policiais, o rapaz confessou o latrocínio. (inf Rosângela Gris)
(assista a reportagem e veja a frieza do latrocída)
Dim lights

Última atualização ( Seg, 23 de Maio de 2011 22:28 )