Operação choque apreende cigarros e tablets

Imprimir

Operação conjunta com a equipe da ROTAM da 4ª CIA da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o choque canil e ROTAM do 4º BPM de Maringá realizou a Operação Choque na PR 317, próximo de Floresta.
A ação aconteceu terça-feira (27), às 19h e terminou no início da madrugada de ontem (28), à 1h. Durante esse período foram fiscalizados 14 ônibus e 10 carros. Dentro do bagageiro de três coletivos os policiais encontraram 2 mil cigarros que possuem comercialização proibida no Brasil e são considerados impróprios ao consumo pelo ANVISA, agencia de vigilância sanitária. Além de eletrônicos do Paraguai. Mil maços estavam em ônibus de linha Foz do Iguaçu a São Paulo.
Uma jovem de 18 anos era responsável pela mercadoria. O restante do cigarro estava em outro coletivo com linha Assuncion a Niterói-RJ. Um rapaz de 23 anos assumiu a carga. De acordo com ele a mulher apreendida anteriormente é esposa dele e pelo transporte eles receberiam uma certa quantia em dinheiro. Já o cigarro seria entregue em São Paulo. Ainda segundo o rapaz, o casal viajou separo para tentar despistar os policiais. Eles foram autuados e liberados para seguirem viagem e responderam pelo crime de contrabando em liberdade.
As equipes ainda encontraram em outro ônibus também de linha Assuncion a Niterói-RJ 20 tablets, 10 mini games PSP, memórias e pen drives. A mercadoria estava em uma caixa que de acordo com o motorista do veículo, a carga era uma encomenda com destino a Rio de Janeiro.
Os cigarros e os eletrônicos foram encaminhados para a Receita Federal de Maringá.