Polícia Federal realiza operação de combate ao crime organizado no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Imprimir

A Polícia Federal realiza na manhã desta quinta-feira (25) uma operação de combate ao crime organizado nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, denominada Fractal.
De acordo com a PF, cerca de 250 policiais cumprem 40 mandados de busca e apreensão e de prisão. Servidores públicos, policiais e um assessor de Deputado Estadual são suspeitos de envolvimento no esquema. No Paraná a operacao esta sendo deflagrada nas cidades de Curitiba, Cascavel, Medianeira,  Foz do Iguaçú e Maringá.

Cinco policiais militares foram presos em Maringá por suspeita de envolvimento em um esquema que envolvia contrabando e exploração de jogos de azar, durante a Operação Fractal, deflagrada nesta quinta-feira (25) pela Polícia Federal (PF). Além deles, duas pessoas foram detidas e um sexto policial ainda era procurado no início da tarde no Município.
Na região Centro-oeste, o delegado de Campo Mourão,  foi obrigado a prestar depoimento. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da PF.
Policiais militares paranaenses são suspeitos de integrar uma quadrilha de contrabando cigarros que atuava no três estados do Sul, de acordo com a PF. Entre os líderes do grupo estariam dois assessores de deputados estaduais do Paraná e oficiais da PM.(inf Gazeta Maringá)

 

Última atualização ( Qui, 25 de Abril de 2013 14:13 )