Phil Collins 6.0

Imprimir

Temos que reconhecer que este senhor com ar de apresentador de espectáculo de variedades deixou uma marca importante nos anos 80. Por exemplo, quem nunca dançou agarradinho ao som de Against All Odds (1984), One More Night (1985) ou Groovy Kind Of Love (1988)?
Mas o Phil Collins não cantou só canções para constituir família. As pistas de dança também agradeceram Sussudio (1985) e Easy Lover (1985, com Philip Bailey).
A sua atividade como membro dos Genesis também não é de menosprezar, nomeadamente o álbum Invisible Touch. Phil Collins e a sua bateria tiveram uma participação na Band Aid e, no Live Aid, ele foi o único artista a tocar nos dois palcos.
Em Londres, entrou no palco às 15h18 ao lado de Sting. Às 20h27, surgia nos ecrãs de Wembley a ser entrevistado em pleno Concorde.  1h10 da manhã fazia a sua aparição no Philadelphia - JFK Stadium para cantar Against All Odds e In The Air Tonight.
A sua incursão pelo cinema foi fugaz e não deixou marca positiva na sétima arte. O seu único papel como protagonista, teve-o com Buster (1988), no qual representa o papel de Buster Edwards, um dos assaltantes envolvidos num grande roubo a um comboio em 1963. O tio Phil faz hoje 60 anos. Parabéns! (inf. blog Anos 80)
Dim lights

Última atualização ( Seg, 31 de Janeiro de 2011 09:52 )