Câmara torna viável comunicação com deficientes auditivos

Imprimir

Em comemoração ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, instituído pela ONU em 3 de Dezembro, a Câmara Municipal de Maringá colocará em funcionamento, a partir de segunda-feira (1), a Central de Intérprete para Deficientes Auditivos e Surdos.
Por meio da interpretação via videofone simultâneo será possível traduzir as mensagens em LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) para o português oral e vice-versa.
O equipamento foi instalado na recepção do Legislativo e será manuseado pelos servidores da Casa. O lançamento acontecerá no hall do prédio, a partir das 15 horas, e será concomitante à abertura da campanha institucional da Semana da Pessoa com Deficiência e à exposição fotográfica dos 62 anos da Câmara de Vereadores.
A Central é composta de um tablet, com software específico de fácil utilização, com recurso touch screen e aviso luminoso para facilitar a percepção do usuário a cada chamada recebida. Utilizando um videofone de alta tecnologia com câmera e display incorporados, o deficiente auditivo emitirá sua mensagem ao intérprete de libras que estará numa central prestadora do serviço. Com o auxílio de pessoas treinadas, o intérprete responderá o questionamento do cidadão.
Esse serviço respeita o decreto 5.296/2004 (capítulo VI) e a lei 10.098/2000 que estabelecem normas gerais e critérios para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência e segue as orientações expressas da ABNT – NBR 15.999/2008.