Comissão da Câmara dos Deputados vai fiscalizar as obras no Contorno Norte

Imprimir

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) da Câmara dos Deputados fará uma visita técnica na próxima quinta-feira (29) ao Contorno Norte de Maringá e na Estrada Boiadeira (BR-487).
A fiscalização é motivada pelas denúncias recentes de corrupção e desvio de verbas nas duas obras, envolvendo o Ministério dos Transportes e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), o que tem provocado atraso nos trabalhos. A informação foi confirmada na tarde desta terça-feira (27) pela assessoria de imprensa do deputado federal Fernando Francischini (PSDB-PR), que estará presente na visita ao lado de representantes do Tribunal de Contas da União (TCU), da Polícia Federal e do novo diretor-geral do DNIT, general Jorge Fraxe.
O objetivo é, além de fiscalizar o andamento das obras e das licitações, colaborar para o bom andamento e término dessas obras tão esperadas pela população do Paraná”, declarou Francischini, em nota repassada para a imprensa. 
As denúncias de corrupção e desvios de verbas envolvendo o Ministério dos Transportes provocaram atrasos nas obras do Contorno Norte. Na semana passada, o supervisor dos trabalhos no local, José Carlos de Oliveira, informou que está há 60 dias aguardando a assinatura do contrato da segunda etapa da obra. “Todos os questionamentos e mudanças de direção provocaram e provocam reflexos diretos no Contorno Norte. Ficamos meses esperando vistorias de contratos por causa das denúncias, que no fim não chegou a nada”, declarou na ocasião o engenheiro do Dnit.
Em junho deste ano, o relatório do TCU apontou indícios de irregularidades nas obras do Contorno Norte de Maringá. (inf Gazeta Maringá)