Famílias invadem casas populares em Maringá

Imprimir

Cerca de 20 residências em fase final de construção no Jardim Atenas II em Maringá, na rua Professor Antonio Primo Milani, foram invadidas no final da tarde de sexta-feira. Familias com crianças ocuparam as casas e disseram que dali não saem. Reclamam que fazem parte da lista de espera e que nunca são chamadas.
A construtora responsável pela obra, Demarcon, registrou boletim de ocorrência na Delegacia de Policia nesta segunda-feira, Policiais Militares também foram acionados logo após a invasão, mas segundo uma das invasoras, não houve nenhum tipo de violência.
Nesta semana, mais dois representantes de construtoras de Maringá, Granado e Hiconsi, também estiveram na sede da 9SDP para registrar queixa de uma possível ameaça de invasão em outras moradias que estão sendo construídas em diversos bairros em Maringá, segundo o relato de um deles, pessoas estranhas tem passado constantemente nas obras desde o final de semana e perguntando aos operários se já há energia elétrica nas casas.
As casas não têm energia elétrica e nem água, por enquanto os invasores estão fazendo ligações clandestinas, e já foram avisados que o fornecimento de água será cortado.
Dim lights

Última atualização ( Ter, 30 de Outubro de 2012 21:16 )