TV Record acusa Rede Globo de piratear imagens do Pan

Imprimir

As imagens da cerimônia de abertura dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara exibidas pelo “Jornal Nacional” (Globo) no sábado configuram pirataria, ou uso “ilegal”, na visão da Rede Record, detentora exclusiva dos direitos de transmissão do evento para o Brasil.
Em e-mail enviado ao UOL Esporte, a Record fez um reparo à nota publicada sobre o noticiário de 20 segundos apresentado pela Globo na noite de sábado: “As imagens exibidas pela Globo não foram cedidas pela Record, única detentora dos direitos no Brasil. A medida foi ilegal”.
Questionada se a emissora carioca não teria direito de exibir imagens por poucos minutos, a Record acrescentou: “A Globo não pediu contrato de cessão de imagens do evento. O ato foi ilegal”.
Procurada, a Globo respondeu que está averiguando se houve algum erro na utilização das imagens: “A TV Globo usou alguns segundos de imagens da APTN (Associated Press Television News), de quem é cliente. No script das imagens, não havia embargo para o território brasileiro. De qualquer forma, estamos verificando com a agência se houve algum lapso da parte deles. “  Ainda segundo a Globo, o procedimento seria padrão: “No jogo da seleção brasileira contra o México, a TV Record, que não tinha os direitos da partida, usou algumas imagens da CNN, num procedimento similar”, informou.
Segundo o COB (Comitê Olímpico Brasileiro), a questão envolve a Odepa (Organização Desportiva Pan-Americana), responsável pelos Jogos, e a ISB (Insternational Sports Broadcasting), a empresa espanhola responsável pela geração de todas as imagens do evento. A Globo está credenciada no Pan como ENR, que designa as emissoras que não tem direitos de transmissão.
Quem tem esta credencial pode circular pelo centro de imprensa, mas não pode filmar ou registrar o áudio de nada – nem eventos, nem entrevistas. Excepcionalmente no Pan, os credenciados com ENR têm acesso à área internacional da Vila Pan-Americana. Ao mesmo tempo, os ENR recebem um resumo diário de dois ou três minutos, providenciado pela ISB, com imagens que podem ser utilizadas.