Grupo se articula para atrair Foxconn para a região

Imprimir

O grupo de articulação envolvendo lideranças de Londrina, Maringá e Apucarana voltou a se reunir na tarde desta quinta-feira (26), na Associação Comercial e Industrial de Londrina, para dar sequência ao trabalho de prospecção para instalar a empresa Foxconn na região Norte do Paraná.
A reunião contou com a presença do secretário estadual da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros. Participaram também os prefeitos de Londrina, Barbosa Neto; de Maringá, Silvio Barros; e o de Apucarana, João Carlos de Oliveira, além secretários municipais e lideranças da região.
A reunião de trabalho discutiu ações para apresentar o Paraná como um dos Estados a ser visitado pelo grupo Foxconn, cujos representantes estarão no Brasil nas próximas semanas. A Agência de Desenvolvimento Terra Roxa irá coordenar as ações. O presidente da agência, Fernando Kireeff, destacou a importância da articulação e união que se estabeleceu na região, especialmente entre as cidades de Londrina e Maringá.
O objetivo é apresentar à empresa as oportunidades na região, não se prendendo aos interesses de cada município. O secretário Ricardo Barros destacou que o governo do Estado não poupará esforços para que a Foxconn tenha o Paraná como uma das opções para investimento no Brasil. A empresa taiwanesa anunciou que investirá US$ 12 bilhões no Brasil nos próximos cinco anos. A empresa, que já tem outros investimentos no Brasil, anunciou que montará iPads em território brasileiro a partir de novembro.
O local do investimento está sendo estudo pela empresa. A Foxconn é uma das gigantes do setor eletroeletrônico mundial. (inf Ass Com PMM)