Em defesa da construção das casas geminadas em Maringá

Imprimir

 

André Saulo envia cartaz do grupo que defende as casas geminadas em Maringá, ele diz que "tendo em vista que o prefeito de Maringá mandou uma lei para ser votada em regime de urgência, com sessões quinta a noite, sexta e sábado de manhã (14, 15 e 16 deste mês) respectivamente, impondo restrições a casas geminadas em Maringá.
Caso sancionada esta lei, prejudicará todo o setor da construção civil e a economia local da cidade, pois só beneficia grandes construtoras que fazem apartamentos, pois casas geminadas e apartamentos pequenos são concorrentes para as pessoas que se interessam em comprar um imóvel pelo programa minha casa, minha vida, do governo federal." 
O material distribuído convida para a reunião programada para o próximo dia 2 às 19h30, na câmara municipal,  onde serão definidas as novas ações do movimento.

Última atualização ( Qua, 20 de Julho de 2011 18:15 )