Cocamar planeja receber 6 milhões de caixas de laranja

Imprimir

Com a expectativa de colher de 5,5 milhões a 6 milhões de caixas de 40,8 quilos de laranja na safra em andamento, a Cocamar planeja processar 24 mil toneladas de suco concentrado e obter, como subprodutos, 740 toneladas de óleo essencial e 190 toneladas de d’limonene, segundo informa Antonio Airton Basso, o Tuna, gerente industrial da Cocamar Citros.
Com frutos de bom tamanho e qualidade, a produtividade média dos pomares deve ficar em 650 caixas por hectare. Os números são referentes às regiões noroeste e de Londrina. Cerca de 90% da produção seguem para o mercado externo, especialmente a União Europeia, afirma Edson Teixeira, gerente Comercial de Citros. Do volume total colhido, 270 mil caixas de laranja devem ser destinadas para o mercado de fruta in natura. Apesar de a colheita da safra 2011/12 ter iniciado na segunda quinzena de maio, os trabalhos estão atrasados e só se intensificaram no final deste mês.
A previsão é de que a colheita se estenda até fevereiro ou início de março. Após a primeira florada, em agosto do ano passado, a estiagem que se seguiu fez com que as plantas abortassem boa parte das flores. Com o retorno das chuvas em outubro e a rápida recuperação dos pomares que estavam bem nutridos, houve a segunda grande florada, afirma Joacir de Souza, engenheiro agrônomo da unidade de Paranavaí. “Já era para estarmos na metade da colheita da variedade pêra, mas mal terminamos a Iapar”. (inf Flamma Comunicação)