Sem resposta

Imprimir

Lembra o jornalista Edson Lima, O Diário e rádio Globo AM de Maringá, que hoje (23) completa dois meses da visita do empresário Luigino Fiocco, presidente da AVIO Internacional, que entregou oficialmente a carta de intenção de instalação de uma fábrica de helicópteros na Cidade-Canção.
Porém até agora a Prefeitura não se manifestou em resposta ao pedido de Fiocco.
Lima disse em seu programa "Dia-a-Dia", que desta vez a oposição está certa em relação ao empresário italiano, ao levantar seu passado recente e constatar que Fiocco já esteve preso e condenado por estelionato, ao receber dinheiro público e não construir a mesma fábrica de helicópteros na Itália.

Dim lights

Última atualização ( Qui, 23 de Janeiro de 2014 14:14 )