Copel reclassifica propriedades rurais e reduz tarifas

Imprimir

A Companhia Paranaense de Energia (Copel) reclassificou como propriedades rurais os consumidores desta categoria que não produzem alimentos e que haviam sido enquadrados como clientes comerciais em dezembro passado.
Com a medida, a partir deste mês, todos os produtores rurais voltam a ser beneficiados com os subsídios que foram suspensos por causa de uma Resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) do ano passado.
A Resolução foi revista em reunião do Conselho da Aneel no último dia 20 de setembro. A informação foi dada nesta terça-feira (18) pelo deputado federal Eduardo Sciarra (PSD) que recebeu comunicado oficial da Copel sobre a operação de reclassificação em bloco, ocorrida no último dia 7. “A Resolução prejudicava milhares de pequenos agricultores em todo o país que viram subir contas de energia de uma hora para outra”, afirmou Sciarra, que liderou uma mobilização contra a decisão da Aneel de cortar os subsídios para não produtores de alimentos.