Chuvas inutilizam piso de ginásio em Maringá

Imprimir

As chuvas de janeiro complicaram o ginásio de esportes do Parque do Japão, construído na gestão Silvio Barros II/Pupin por mais de R$ 3 milhões.
O piso, tomado por lama e água em três chuvas (a pior foi a do último dia 16), acabou: ganhou uma bolha, de ponta a ponta, que o inutiliza. A Secretaria Municipal de Obras deverá licitar a reforma do local, o que incluirá o fim das goteiras (chove mais dentro do que fora) e a implantação de sistema de escoamento de água. Além de inutilizar o piso, o chuvaréu molhou as 240 peças de tatame, que, passados tantos dias, ainda não secaram completamente.
Apesar disso, não houve interrupção nas atividades com ginástica e judô, este parcialmente prejudicado.(mais inf blog do Rigon)

Última atualização ( Qua, 29 de Janeiro de 2014 17:44 )