Projeto maringaense concorre ao Prêmio Brasil Criativo

Imprimir

O Programa Primeiro Museu, idealizado pelo Museu da Família (MF) e pelo Instituto Cultural Ingá – ambos com sede em Maringá – concorre ao Prêmio Brasil Criativo, organizado em todo o País pelo Ministério da Cultura (MinC).
A votação online do prêmio foi aberta na segunda-feira (27) e vai até 10 de novembro. Para votar, acesse: http://www.premiobrasilcriativo.com.br/voteagora/ .
O programa, que concorre na categoria “Museu”, oferece e propicia a qualquer município a abertura de museus comunitários (virtuais e físicos) até então inéditos na localidade. A ideia é resgatar e preservar a memória das famílias moradoras para se construir um patrimônio cultural local. Só no Estado, mais de vinte municípios já aderiram ao Programa Primeiro Museu, que recentemente abriu a Etapa Nacional, com inscrições abertas em todo o País até dezembro.
Os três projetos mais votados pela internet chegam à final do prêmio, etapa em que uma comissão julgadora define os vencedores, que serão anunciados no dia 3 de dezembro, em uma cerimônia no Auditório Ibirapuera (São Paulo-SP). Os vencedores receberão um prêmio e 40 horas de capacitação em sua área.
Para o diretor do MF, Edson Pereira, a participação do Programa Primeiro Museu no prêmio significa ainda mais credibilidade à instituição, que vem atuando em projetos museológicos há três anos. “É uma honra estarmos na semifinal do Prêmio Brasil Criativo, que tem relevância no País inteiro por ser apresentado pelo MinC e por ser apoiado por empresas renomadas, como a 3M e pelo Itaú Cultural ”, diz. Pereira confia no apoio de todos os amigos de Maringá e região na votação para que o projeto chegue à final. “Só de termos chegado até aqui, já considero uma vitória. Isso nos ajudará a levar o Programa Primeiro Museu para todo o País e, consequentemente, estimular a preservação da história e da memória, que é um direito de todos os brasileiros.”