Prática de tiro no Caça e Pesca continua suspensa

Imprimir

O Clube Caça e Pesca de Maringá ainda não conseguiu o alvará de licença para continuar suas atividades de tiro.
No mês passado a entidade teve recurso rejeitado pela desembargadora Maria Aparecida Blanco de Lima, do Tribunal de Justiça do Paraná, contra decisão da Prefeitura de Mandaguaçu. Durante 39 anos o CCPM tinha licença expedida pela Prefeitura de Maringá, até ser comunicado, em dezembro do ano passado, pela Procuradoria Geral do Município, que seu imóvel estava localizado sobre a divisa com Mandaguaçu, onde fica a área destinada ao esporte.
O clube formulou junto à Prefeitura Municipal de Mandaguaçu requerimento para emissão de alvará de funcionamento para atividade recreativa e a atividade de tiro, mas... (leia mais)