Assembleia discute proposta do Executivo

Imprimir

Iniciou às 9h deste sábado a assembleia dos servidores municipais de Maringá na Câmara de Vereadores organizada pelo SISMMAR, onde foi discutido a proposta de reajuste salarial ofertada pelo prefeito Carlos Roberto Pupin, de 5,5%. Caso não seja aceita, os servidores poderão entrar em greve na segunda-feira.
Somente os vereadores Mário Verri, Humberto Henrique, Carlos Mariucci, Luiz Pereira e Ulisses Maia participam da reunião.
Atualizado
Os servidores, que inicialmente pediam 10%, decidiram aceitar os 5,5%, afastando a possibilidade de greve.

Última atualização ( Dom, 30 de Março de 2014 11:15 )