Aeroportos brasileiros passam a ter aviso sonoro sobre o coronavírus

Relatos do coronavírus foram identificados em ao menos onze países, além da China: França, Estados Unidos, Japão, Tailândia, Taiwan, Coreia do Sul, Vietnã, Singapura, Nepal, Arábia Saudita. Especialistas explicam as características do novo coronavírus
Os aeroportos da Infraero começaram a veicular nesta sexta-feira (24) um aviso sonoro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre o coronavírus, que já causou 26 mortes na China.
O que se sabe e o que ainda é dúvida sobre o novo vírus
Novo coronavírus pode ter vindo de cobras vendidas em mercado chinês
“Se você tiver febre, tosse ou dificuldade para respirar, dentro de um período de até 14 dias, após viagem para a cidade de Wuhan, na China, você deve procurar uma unidade de saúde mais próxima e informar a respeito da sua viagem”, diz o aviso.
O alerta indica ainda que os passageiros lavem as mãos frequentemente com água e sabão. E caso não tenham, usem álcool em gel.
“Cubra o nariz e a boca com lenço descartável ao tossir ou espirrar. Descarte o lenço no lixo e lave as mãos. Evite aglomerações e ambientes fechados, procurando manter os ambientes ventilados. Não compartilhe objetos de uso pessoal como talheres, pratos, copos ou garrafas. Procure o serviço de saúde mais próximo”, completa o alerta.
Na lista de aeroportos com o comunicado sonoro estão o de São Paulo (Guarulhos e Congonhas) Rio de Janeiro (Santos Dumont e Galeão), Curitiba, Brasília, Campina Grande, Recife, Porto Alegre, Fortaleza, Vitória, Londrina, Belo Horizonte, Manaus, Belém, Florianópolis, Campo Grande, e Foz do Iguaçu. A relação completa está aqui.
Relatos do coronavírus foram identificados em ao menos onze países, além da China: França, Estados Unidos, Japão, Tailândia, Taiwan, Coreia do Sul, Vietnã, Singapura, Nepal, Arábia Saudita.
No Brasil, o Ministério da Saúde descartou cinco casos suspeitos. Segundo a pasta, os casos “não se enquadram na definição de caso suspeito da Organização Mundial da Saúde (OMS)”.
Ciclo do novo coronavírus – transmissão e sintomas
Aparecido Gonçalves/Arte G1
Initial plugin text