TrabalhozDestaque

Após 31 dias, bancários do Paraná aceitam acordo e encerram greve

Depois de um mês e um dia, funcionários dos bancos públicos e privados do Paraná encerraram a greve na tarde desta quinta-feira (6).
Os profissionais aceitaram a proposta patronal de 8% de reajuste salarial em 2016 mais abono de R$ 3,5 mil. Desta forma, os bancos voltam a funcionar normalmente nesta sexta-feira (7), em todo o estado.
A proposta também inclui aumento de 10% no vale refeição e no auxílio-creche-babá e de 15%, no vale alimentação. Os bancos também se comprometeram a garantir aumento real de 1% em todos os salários e demais verbas.
Esta foi a maior mobilização de greve no setor bancários desde 2004, segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). Aquele ano foi primeiro em que os bancários se uniram para negociar melhores condições para a categoria. Antes, os funcionários de cada banco faziam paralisações separadamente.
Em Curitiba, de acordo com o Sindicato dos Bancários de Curitiba e Região, o número de agências fechadas chegou a 361, além de seis centros administrativos.
Os bancários de Maringá, também aceitaram a proposta patronal e decidiram encerrar a greve. A paralisação na cidade durou, da mesma forma, 31 dias. (inf G1)

Mostrar mais

redação

contato (44) 99803-1491 agnaldorvieira@gmail.com

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.