Após decisão do STF, goleiro Bruno se apresenta à polícia

0
175
(foto Lucas Magalhães/EPTV)

Please enter banners and links.

O goleiro Bruno Fernandes se apresentou à polícia no fim da tarde desta terça-feira (25) após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que revogou a liminar que mantinha o atleta solto. O jogador se entregou espontaneamente por volta das 17h50 na Delegacia Regional de Varginha, no Sul de Minas Gerais .
Segundo a Polícia Civil, o atleta assinou uma certidão se comprometendo a se entregar e depois foi liberado, já que ainda não foi expedido um mandado de prisão contra ele.
O goleiro Bruno se apresentou espontaneamente na Polícia Civil assim que ele ficou sabendo da decisão do STF. A gente só tem como recolhê-lo com mandado de prisão ou captura, e no sistema ainda não existe esse mandado, até porque a decisão foi agora“, disse o delegado regional de Varginha, Roberto Alves Barbosa Júnior.
Segundo ele, o atleta demonstrou que não tem interesse em fugir. O delegado afirmou ainda que consultou o fórum antes de liberar o goleiro. “Eles nos orientaram para que ele se apresente à 1ª Vara Criminal, para depois ser recambiado para onde o mandado determinar.”
Bruno deverá se apresentar ao juiz da 1ª Vara Criminal de Varginha no início da tarde desta quarta-feira (26). Ainda não se sabe para qual presídio ele será enviado, mas há a chance de ficar na cidade mineira.
Há a possibilidade dele ficar preso, já que ele já tem domicílio aqui já, ele já reside em Varginha, pode ser que ele fique recolhido aqui no presídio de Varginha, mas isso o juiz vai decidir amanhã“, disse o delegado.
O advogado do jogador confirmou que ele voltará a se apresentar à Justiça nesta quarta-feira. “Ele se comprometeu a se apresentar amanhã e vai fazer isso comigo“, disse Lúcio Adolfo, defensor de Bruno. (leia mais em G1)


Warning: A non-numeric value encountered in /home/maringamanchete/www/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 352