Ato em memória a 29 de abril

A APP Sindicato prepara mais um ato público para marcar a passagem do dia 29 de abril e os quatro anos do massacre do governo Richa contra os professores no Centro Cívico de Curitiba. Dia 29 as escolas estaduais de todo o estado irão parar e haverá manifestações em Curitiba e nos municípios, incluindo Maringá.
“Um momento de grande tristeza para os paranaenses, que não deve jamais ser esquecido pela população. Mas a data também será um momento de exigir do governador Ratinho Junior o pagamento da reposição da inflação e os demais itens da campanha salarial, composta por mais de 20 reivindicações”, diz nota divulgada pela entidade. No dia 29 haverá ato público na praça Santos Andrade, em Curitiba, a partir das 9h.
Os profissionais da educação lutam pela reposição da inflação. Passados os 100 primeiros dias de governo, o chefe do Executivo estadual ainda não apresentou respostas para as reivindicações. A legislação estabelece como data-base o mês de maio, mas os servidores públicos do Paraná já estão há mais de três anos com os salários congelados, o que representa uma dívida acumulada de 16,4%. (inf Angelo Rigon)