Bruxo, com raiva, chama Ratinho de vagabundo e chefe de quadrilha

0
850

Please enter banners and links.

Após ficar preso 10 dias por extorsão na Operação Lomax, da Polícia Civil, o bruxo Chik Jeitoso resolveu soltar o verbo contra a família Massa.
Segundo as investigações, os crimes de extorsão chegam a R$ 5 milhões e a polícia já identificou cinco vítimas – uma delas é o dono da Rede Massa, o apresentador Ratinho.
Os delegados responsáveis pela investigação contaram que Marcelo Araújo, também detido na operação,  intermediava e participava de reuniões com as vítimas e advogados delas para “negociar” que supostas informações e revelações levantadas pelo bruxo não fossem expostas na internet.
Segundo a defesa de Marcelo Araújo, Leonardo Buchmamm, o ex-secretário atuava na condição de advogado do bruxo. “Ele nunca tratou com o Ratinho de forma direta. Ele tomou o cuidado de procurar o advogado da família Massa para ir atrás dessa situação”, disse Buchmamm.
De acordo com a defesa, Araújo está “com a consciência tranquila”, mas muito abalado. “Os danos à carreira dele não têm volta”, disse o advogado. Marcelo Araújo é advogado e foi secretário de Trânsito de Curitiba na gestão do prefeito Luciano Ducci (PSB). Também foi presidente da Comissão de Trânsito da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Paraná.
O video não tem uma data correta, mas corre as redes sociais desde a última semana, nele Chik Jeitoso faz denúncias graves contra o secretário estadual Ratinho Júnior e ao pai, o apresentador do SBT Carlos Ratinho Massa.


Warning: A non-numeric value encountered in /home/maringamanchete/www/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 352