Câmara vota uso de arma não letal por guardas patrimoniais

0
235

Please enter banners and links.

Na sessão ordinária desta terça-feira (22), o plenário da Câmara Municipal de Maringá votará, em segunda discussão, projeto do vereador Edson Luiz (PMN) que disciplina o uso da arma Spark ou modelo similar pelos guardas patrimoniais.
Trata-se de um equipamento de incapacitação neuromuscular, não letal, para uso exclusivo em serviço, antecedido de curso de formação e capacitação.
Em segunda discussão será votado também o projeto do vereador Luciano Brito (SD) dispondo sobre a criação de módulos móveis da Guarda Municipal para atender a população do município de Maringá. A proposta é que eles funcionem em vans com estrutura para atender a população nas questões de segurança, sendo uma em cada região (norte, sul, leste e oeste) e outras duas nos distritos de Floriano e Iguatemi.


Warning: A non-numeric value encountered in /home/maringamanchete/www/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 352