CARTA ABERTA À RPC MARINGÁ

Na última terça-feira (27), a RPC Maringá veiculou reportagem sobre os trabalhos realizados por vereadores da Câmara de Maringá. Para tal, o presidente da Câmara, vereador Mário Hossokawa, concedeu entrevista ao repórter comentando sobre os desafios de se apresentar novos projetos de lei ao município, além de apresentar um balanço do que foi este primeiro semestre no Legislativo – aliás, balanço este que se imaginava ser a pauta em questão e que infelizmente não foi o apresentado na reportagem editada.
A reportagem se volta para questões meramente quantitativas, alegando que há muitos projetos protocolados no semestre e pouca relevância à população. O repórter destaca projetos que nem sequer chegaram às Comissões ou mesmo na Pauta de votação, com objetivo, talvez, de diminuir a função de um vereador para um município.
Pelas ruas, a reportagem da RPC se apropria da fala de cidadãos que não demonstraram acompanhar a política municipal de perto, quando na verdade a própria emissora (que tem concessão pública) deveria investir mais em campanhas de conscientização sobre as diversas atividades desenvolvidas por um vereador, prefeito, governador, deputados e presidente.

O repórter e a RPC, imagina-se, sabem bem – embora não demonstrado na reportagem – que um vereador não tem por função apenas criar projetos de lei. Há uma imensa responsabilidade do Poder Legislativo em fiscalizar o Poder Executivo, além de funções institucionais, julgadora, administrativa e assessoramento, tudo disposto no Regimento Interno da Câmara, publicado no site oficial para qualquer um ler e baixar (aqui).
Há um tom de menosprezo na reportagem em projetos que criam datas comemorativas. E sobre mérito de projetos, em um dos trechos da entrevista de Hossokawa que não foi ao ar, ele comenta sobre projetos que nomeiam ruas, algo muitas vezes criticado, mas função incumbida por lei ao Legislativo. Já imaginou todas as ruas sendo batizadas apenas por números? A Avenida Brasil seria a Avenida 01? A Rua Santos Dumont seria a Rua 04? Com certeza isso não ajudaria em nada a população.

Propositalmente ou de maneira equivocada, a reportagem limita o semestre legislativo a projetos secundários e não cita os grandes projetos aprovados recentemente e que tanto ajudaram os maringaenses.
Apenas um exemplo: Refis 2019! Graças ao refinanciamento proposto pelos vereadores, aprovado pelos vereadores e executado pela Prefeitura de Maringá, houve uma recuperação aos cofres públicos de créditos de milhões de reais. E, mais do que isso, inúmeras pessoas conseguiram quitar ou parcelar suas dívidas com o Município, ficando regular: será que isso não é relevante para a população?

A entrevista de quase 13 minutos, concedida pelo presidente da Câmara, virou apenas segundos com a fala dele na reportagem, descontextualizados. Com isso, houve deturpação do real posicionamento de Mário Hossokawa. Em função disso, e até para que não haja qualquer equívoco ou desinformação por parte da população, disponibilizamos aqui a entrevista completa do vereador, gentilmente cedida pela equipe de jornalismo da RPC Maringá.