Cota extra do ICMS será investida na recuperação do Contorno Sul

0
12

Please enter banners and links.

O prefeito Ulisses Maia reafirmou hoje que o valor recebido do governo estadual como cota extra do ICMS será aplicado na recuperação da pavimentação do contorno sul. Dos R$ 122 milhões distribuídos para 399 municípios paranaenses, Maringá ficou com R$ 2,79 milhões. “Vamos buscar outras fontes de recursos para executar obras emergenciais no contorno, especialmente a recuperação do asfalto”, afirma o prefeito.

Estudos iniciais apontam que a readequação do contorno demandaria investimento de R$ 200 milhões. As intervenções na via passam pela implantação de sistemas de drenagem, construção de trincheiras (ou viadutos) em pontos estratégicos, como no cruzamento com a avenida Carlos Borges (Borba Gato) e rua Carmem Miranda (no Conjunto Cidade Alta) e, principalmente, reforma do piso asfáltico me toda extensão do contorno.

Na verdade, é preciso reconstruir todo o contorno de forma a restabelecer sua condição de ′avenida′, com todas as obras inerentes a essa vocação, razão do elevado custo previsto para a obra. “Temos executado constantes reparos no asfalto, mas o tráfego intenso, especialmente de caminhões, desgasta o piso. A falta de drenagem agrava ainda mais o problema”, destaca o secretário de Serviços Públicos, Vagner de Oliveira.

Ulisses Maia reconhece que o contorno é um problema de infraestrutura que exige atenção, mas acrescenta que os investimentos necessários para transformá-lo numa via mais segura não podem ser bancados pelo município. “Precisamos buscar esses recursos e estamos fazendo isso”, afirma o prefeito. Um prévio estudo, com levantamentos topográficos e outros estudos técnicos, já foi iniciado para se chegar ao custo real da obra.


Warning: A non-numeric value encountered in /home/maringamanchete/www/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 352