Cotidiano

Dez atrações culturais que você não pode perder em Paris em 2020

Vem aí uma retrospectiva imperdível da obra de Jean-Luc Godard na Cinemateca de Paris, no dia 8 de janeiro. Além disso, até 9 de março o Museu do Louvre recebe, pela primeira vez, uma individual do pintor e gravurista Pierre Soulages. Museu do Louvre, em Paris
REUTERS/Philippe Lopez/Pool
“Paris é uma festa”, já dizia Ernest Hemingway, e parece que ele tinha razão. Entre filmes, shows e exposições, 2020 desenrola o tapete vermelho para uma programação “pétillante” como dizem os franceses, ou seja, bem animada. Prepare a agenda e anote 10 atrações imperdíveis para visitar em Paris no ano que vai começar.
O ano de 2020 inaugura uma retrospectiva imperdível da obra de Jean-Luc Godard na Cinemateca de Paris, no dia 8 de janeiro. No menu, algumas pepitas desse que é o último dos diretores da Nouvelle Vague ainda vivo, e bastante atuante, nas vésperas de completar 90 anos.
Milhas: como acumular e viajar sem colocar a mão no bolso
Dólar alto e viagem marcada? Veja dicas para não gastar muito
Carnaval: ainda dá tempo de programar a viagem? Veja dicas
Vale a pena o mergulho no universo indomável de Godard, que, segundo alguns críticos, reinventou não só a arte de filmar, mas o próprio cinema. No meio de quase 200 filmes, a Cinemateca Francesa traz títulos como Acossado, O Desprezo, e O Fim da Linguagem, mas também uma série de conferências, palestras e um disputadíssimo encontro com este mito do cinema francês e mundial no dia 1° de março, fechando a programação.
Do cinema para a música, no dia 10 de março a tradicional casa de espetáculos parisiense Olympia recebe a lenda viva do rythm & blues, o irlandês Van Morrison. Com 50 anos de carreira, dois Grammys e parcerias com nomes como Ray Charles, Van Morrison promete lotar os 2.000 lugares da mais antiga casa de espetáculos de Paris.
Turistas tiram foto sob neve em Paris
Lionel Bonaventure/AFP
Além disso, até 9 de março o Museu do Louvre recebe, pela primeira vez, uma individual do pintor e gravurista Pierre Soulages, considerado o mestre das tonalidades em preto, um expert do chamado outre-noir, o “outro negro”.
A homenagem do Louvre é inédita, e contemplou antes de Soulages apenas artistas como Chagall e Picasso. A mostra do Louvre celebra as seis décadas de carreira deste artista longevo, que comemora 100 anos em 2020.
E quando se fala em Paris, existe uma palavra que é inevitável: Moda. Para celebrar aquele que é considerado um dos inventores da fotografia de moda, os salões neoclássicos do Museu do Luxemburgo abrem alas no mês de abril para Man Ray, cujo nome quase se confunde com o de movimentos artísticos como o dadaísmo e o surrealismo.
Amigo de Marcel Duchamp e Jean Cocteau, Man Ray eleveu a fotografia de moda ao patamar máximo da arte em pleno século 20. Das passarelas para o prêt-a-porter, uma dica para moças e rapazes apaixonados pelo icônico solado vermelho, marca da fábrica dos incríveis saltos altos de Christian Louboutin: de 25 de fevereiro a 28 de julho, o artista e designer expõe suas criações e inspirações no Palais de la Porte Dorée.
E a festa ainda está longe de acabar em Paris! No Centro Cultural Georges Pompidou, o maior museu de arte contemporânea no coração da capital francesa, a mostra dedicada aos renomados artistas Christo e sua parceira Jeanne-Claude já é considerada um dos acontecimentos de 2020. Aos 83 anos, o renomado artista búlgaro deve recriar a aguardada instalação monumental Arco do Triunfo wrapped, o “empacotamento” do famoso ponto turístico.
Além disso, o Centro George Pompidou celebra ainda com uma grande exposição até agosto os 150 anos do gênio de Henri Matisse, pintor, desenhista, gravurista e escultor, uma das grandes figuras do século 20, que influenciou gerações de artistas, de Picasso a Andy Wharol. 
E ainda, até 17 de maio, vale a pena conferir a exposição da artista alemã contemporânea Ulla von Brandemburg no Palais de Tokyo.
Isso tudo sem falar no capítulo festivais e baladas. Em julho tem o festival The Peacock Society para os fãs de música eletrônica, na esplanada ao longo do Chateau de Vincennes, no 12° distrito da Capital.
Outro festival que já está com datas definidas na capital francesa é o Lollapalooza, que desembarca pela terceira vez em Paris, com atrações para lá de esperadas, como Pearl Jam, Billie Eilish e Khalid.
Mostrar mais

redação

contato (44) 99803-1491 agnaldorvieira@gmail.com

Notícias Relacionadas

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.