Enteado mata padrasto e depois é morto pela PM de Maringá

0
42

Please enter banners and links.

Duas mortes foram registradas no final da tarde deste sábado (24) na Rua Pioneiro José Balan, no Parque Residencial Aeroporto, em Maringá.
O Leandro Leite da Silva, 30 anos, matou o padrasto Warlen Natalino Gonçalves, 29 anos, conhecido como “Mineiro”. Leandro estava com sua mãe e o padrasto em um bar  quando começou uma briga entre eles.
Leandro armou-se de uma faca e desferiu diversos golpes no peito de Warlen. Não satisfeito, o autor ainda degolou o pescoço da vítima. Após matar o namorado da mãe não fugiu do local. Um homem que estava no bar e que não tinha nada a ver com a confusão tentou apartar a briga e foi esfaqueado por Leandro. A vítima foi ferida na mão e na altura do abdômen.


A mãe pediu ao filho para que saísse do local, mas o mesmo disse que esperaria a polícia chegar. Outras pessoas que estavam no bar teriam pedido para que Leandro fosse embora, mas o agressor preferiu permanecer no local. Uma viatura da ROTAM rapidamente chegou na rua pois sabia que o agressor estava bastante transtornado.
Em uma tentativa de abordagem, Leandro ainda em posse da faca,  partiu pra cima de dois policiais e tentou desferir golpes contra a guarnição que reagiu efetuando quatro disparos no rapaz. Uma policial e mais dois soldados dispararam os tiros em Leandro que caiu morto.
A família de Leandro relatou aos policiais militares que ele já tinha jurado de morte o padrasto por não aceitar o relacionamento com a mãe.
Os corpos do enteado e do padrasto foram recolhidos ao Instituto Médico Legal de Maringá (IML). Um inquérito policial militar (IPM) será aberto para investigar a conduta dos policiais que participaram da ocorrência. (inf/foto André Almenara)


Warning: A non-numeric value encountered in /home/maringamanchete/www/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 352