PolicialRegiãozDestaque

Fim de semana violento na região

Sarandi
Eberson Jesus de Sá, 29 anos, o conhecido “Febem”, foi assassinado na noite de sexta-feira (23) na Rua Cezário Mancini, no Jardim Monterey. A vítima foi cercada e atingida por cerca de 20 tiros de pistola calibre 9mm. A maioria dos disparos acertaram a cabeça do rapaz.
A família de Eberson ficou sabendo do crime e foi até o local onde estava a vítima.
A esposa de Eberson confirmou que o marido saiu da cadeia na última terça-feira (20) onde estava preso na CPIM.

homicidio sarandi bar e1498476317884 Fim de semana violento na região

Um rapaz de 19 anos foi assassinado na porta de um bar no final da tarde deste domingo (25), na Avenida Ângelo Perini Jardim Castelo.
Segundo informações da PM, a vítima estava sentada na porta do estabelecimento, quando o autor se aproximou e atirou.
O médico do SAMU esteve no local e constatou seis perfurações de arma de fogo no corpo da vítima . O autor do crime após os disparos fugiu a pé e ainda não foi identificado. William Rodrigues da Silva era morador no Jardim Independência.
A polícia ainda não sabe informar qual seria motivação do assassinato.
O município de Sarandi registra até agora 17 homicídios.

homicidio sarandi e1498401414805 Fim de semana violento na região

Paiçandu
Um crime aconteceu em família no Jardim Canadá também na sexta na Rua México, quando uma briga entre o genro e o sogro resultou na morte de Robson Silva Barbosa, 28 anos. De acordo com a Polícia Civil, a esposa de Robson teria reclamado ao pai que estava sendo agredida em casa.
O senhor Jorge Alves Pereira, 60 anos, foi até a residência do genro para tirar satisfação quando houve a confusão. O sogro enfurecido se armou de uma faca que tinha levado e desferiu cerca de três golpes contra Robson que morreu na hora. O autor do homicídio fugiu do bairro levando a faca.
Vizinhos ligaram para a Polícia Militar que depois de diligências localizaram o homem na casa de um familiar.
Jorge Alves Pereira não tinha passagem pela polícia. Em entrevista ao repórter André Almenara, o suspeito disse que agiu com raiva porque viu a filha sendo agredida pelo marido.
A PM de Paiçandu encaminhou o autor do crime para a carceragem da Polícia Civil de Maringá onde aguarda a audiência de custódia que deve ocorrer na próxima segunda-feira.

Salvar

Salvar

Salvar

Mostrar mais

redação

contato (44) 99803-1491 agnaldorvieira@gmail.com

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.