Homem em noite de fúria atinge três pessoas com tiros e é morto pela policia

0
48

Please enter banners and links.

Três pessoas foram baleadas na noite desta segunda-feira (20), na Zona 7, em Maringá. Uma delas não resistiu aos ferimentos e morreu. Segundo a polícia, todos os crimes teriam sido praticados pelo mesmo homem, que estaria de bicicleta e armado com um revólver.

Primeira vítima
O primeiro crime ocorreu por volta das 23h30, no cruzamento da Avenida Colombo, com Rua Marquês de Abrantes. Um homem aparentando ser morador de rua, foi alvejado por dois disparos, um no rosto e um nas costas. A equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o resgate do Corpo de Bombeiros foram ao local. Após ser entubado a vítima foi encaminhada em estado gravíssimo ao Hospital Universitário. O homem não portava documentos.

Sequência continuou
Quando a equipe da Polícia Militar registrava o primeiro caso, recebeu informações de que no cruzamento da Avenida Paraná, com a Rua Rui Barbosa, também na região da Zona 7, um jovem estava pedindo socorro vítima de disparo de arma de fogo. Os policiais foram até o local e encontraram a vítima com um ferimentos na axila. O jovem foi socorrido por uma equipe médica do Samu e encaminhado ao Hospital, também com ferimentos graves. O jovem seria de Cruzeiro do Oeste e estaria morando nas ruas de Maringá.

Terceira vítima
Outro caso foi relatado à sala de operações da polícia militar, informando que uma pessoa estaria morta no cruzamento das Avenidas Duque de Caxias e Colombo, bem ao lado do Ginásio de Esportes Chico Neto.
Os policiais que estavam atendendo as outros duas ocorrências, se deslocaram para verificarem a situação e constataram uma vítima alvejada por diversos disparos caída no chão. A equipe de resgate chegou ser acionada porém os ferimentos levaram o homem a morte. Próximo ao corpo havia um cachimbo de crack.

Roubo
Durante a fuga o assassino ainda teria praticado um roubo contra uma pessoa na Avenida Colombo, próximo a Avenida Bento Munhoz.

Desfecho


Ainda de acordo com informações da Policia Militar, os policiais localizaram o autor dos disparos no Jardim Alvorada, mais precisamente na avenida Pedro Taques. Uma equipe tentou realizar a abordagem, porém Ronie Cosmo Licurgo, de 30 anos, sacou da armar que portava, um revólver calibre 32, momento que os policiais efetuaram um disparo na perna do suspeito que mesmo ferido não se rendeu e saiu correndo. Já no cruzamento das ruas Louis Pasteur e Shibazaburo Kitazato, no intuito de fugir do cerco policial, voltou a apontar a arma para os policiais que efetuaram mais um disparo que atingiu o homicida, que não resistiu e morreu no local, com ele a PM localizou a arma utilizada nos crimes.
A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que ficará responsável pelas investigações do caso,  vai investigar a motivação dos crimes, já que testemunhas informaram à Polícia Militar que o homem teria passado e atirado nas vítimas aleatoriamente sem dizer uma palavra se quer. Ronie ainda é suspeito de atirar em um homem na Avenida Colombo, na madrugada de segunda-feira (20), nas proximidades do Posto Apolo, e contava com uma extensa ficha criminal, passagens por tráfico, roubo, furto, inclusive estava utilizando uma tornozeleira eletrônica.  (inf/foto Plantão Maringá)


Warning: A non-numeric value encountered in /home/maringamanchete/www/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 352