Kiko Zambianchi se apresenta de graça em homenagem à atriz e agitadora cultural do Paraná

0
29

Please enter banners and links.

O cantor Kiko Zambianchi vai estar em Campo Mourão, na região Centro-Oeste do Estado, no domingo (29) para uma apresentação gratuita no Parque do Lago. Com um show que comemora seus 35 anos de carreira, Kiko vem ao Paraná para uma homenagem especial. Ele abriu mão de seu cachê particular para subir ao palco da concha acústica da cidade, onde será realizado um evento em homenagem à atriz e agitadora cultural Analis Ohara, que morreu aos 23 anos, em 29 de julho de 2017, em decorrência de um glioblastoma multiforme – tumor cerebral altamente agressivo, sem cura e letal, com poucos meses de sobrevida.

Antes de falecer, Analis recebeu mensagens, via aplicativos, do cantor. Ela era fã das músicas compostas por Kiko, em especial as gravadas pela banda Capital Inicial.
O show de Kiko Zambianchi está inserido dentro do evento “Domingo no Lago Especial – Tributo à Analis Ohara”, reunindo artistas da cena cultural. O projeto segue a ideia original de Analis. Em 2015, ela lançou escreveu e produziu o “Domingo no Lago”, evento realizado ao longo do ano de 2015 na concha acústica – que agora leva seu nome – colocando em cena músicos, atores e atrizes, contadores de estórias infantis e outros integrantes do setor cultural para se apresentarem em meio à natureza. Na época, o projeto foi selecionado pela lei de incentivo cultural da cidade.
Além do trabalho em Campo Mourão, Analis Ohara tinha seu trabalho reconhecido em Curitiba e no litoral do estado, onde morou anteriormente. Além de produtora, ela atuava como atriz, com participção em várias peças teatrais apresentadas em teatros e universidades do estado. Sua morte ocorreu após várias internações e cirurgias realizadas no Paraná e no Rio de Janeiro.

A tragédia familiar foi ampliada em novembro de 2017. Cassiandra Costa Ohara, 40 anos, mãe de Analis, também faleceu em decorrência de um tumor cerebral, semelhante ao da filha, deixando o filho Gabriel Ohara, 19 anos, – estudante de Engenharia Civil do campus da UTFPR em Campo Mourão – e o marido, o jornalista Carlos Ohara.Pai e filho estão custeando com recursos próprios a estrutura do evento em homenagem à Analis.
Além do show de Kiko Zambianchi, a programação do “Domingo no Lago Especial – Tributo a Analis Ohara” vai contar com interferências do grupo teatral “Experimentos” e da banda de rock “Sem Base” – criada em homenagem à Analis, quando ela ainda era viva.As duas atrações são de Campo Mourão.
Integrantes de grupos teatrais de Curitiba também vão participar da apresentação, em esquetes individuais, e grupos de capoeira vão demonstrar a dança no local. O evento ocorre das 13h30 às 18h30 e está sendo solicitado ao público a doação de um livro infantil para doação à bibliotecas municipais. A divulgação da literatura também era umadas preocupações de Analis, ávida leitora. O recolhimento dos livros será realizado por estudantes do curso de Turismo e Meio Ambiente da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), curso no qual Analis estava se formando em 2016, quando foi foi diagnosticado o tumor.

“Bem Bacana Demais!”

A apresentação aberta ao público em Campo Mourão no próximo domingo será uma prévia do show “Bem Bacana Demais!” que Kiko Zambianchi estréia na terça-feira (31) no teatro Porto Seguro em São Paulo.
A apresentação vai passar por toda a trajetória do artista com músicas consagradas e conhecidas do público como “Primeiros Erros”, “Eu Te Amo Você’, “Hey Jude”, “Rolam as Pedras”, entre outros clássicos. A performance passa ainda por canções como “Luas e Luas”, “Livres Pelo Amor”, “Mina de Resposta” e “Bem Bacana Demais”.
Kiko Zambianchi divide o palco com os músicos Paulinho Zambianchi (Guitarra), Ney Haddad (Baixo), Eduardo Escalier (Bateria) e André Youssef (Teclado).


Warning: A non-numeric value encountered in /home/maringamanchete/www/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 352