Máscara começa cair: Aprovado projeto de Evandro que protege idosos de práticas comerciais abusivas; só um deputado votou contra

Deputado Evandro Araújo (PSC)

O deputado estadual Evandro Araújo comemorou ontem a aprovação em primeira discussão de seu projeto que protege as pessoas idosas em relação a uma das práticas comerciais que mais geram reclamações nos órgãos de defesa do consumidor – o empréstimo consignado por telefone a aposentados e pensionistas.
O projeto de lei 266/2019, de autoria do deputado estadual Evandro Araújo (PSC), o mais votado da região de Maringá na eleição de 2018, que proíbe a prática por meio do telemarketing ativo (quando as instituições financeiras ligam para os consumidores). Esta é considerada, pelos órgãos de defesa do consumidor, uma das práticas mais abusivas contra idosos, pois se aproveita de sua vulnerabilidade. Em alguns casos, empréstimos são contratados por pessoas analfabetas com suspeita de terem sido feitos de forma ilegal por instituições financeiras.


Votaram 48 deputados. Foram 47 votos a favor do projeto, nenhuma abstenção e um contra. O único voto contra foi do deputado Homero Figueiredo Lima e Marchese (Pros), que em Maringá controla o PSC, partido de Evandro Araújo, que é comandado por seu chefe de gabinete e um dos seus doadores de campanha. (inf Angelo Rigon)


Warning: A non-numeric value encountered in /home/maringamanchete/www/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 352