InternetJustiçaMaringáPolítica

Miguel Grillo é multado em R$ 10 mil por ofender e mentir

Foram duas multas: uma, de R$ 5 mil, em que usou palavreado rasteiro para ofender o prefeito

Ex-vereador e ex-secretário municipal, o presidente do PSB de Maringá, José Miguel Grillo (foto), foi condenado ontem pelo juiz Alberto Marques dos Santos, da 192ª Zona Eleitoral, a pagar R$ 10 mil por utilizar as redes sociais (Facebook) para ofender e divulgar mentiras. As ofensas e fake news foram dirigidas contra o prefeito Ulisses Maia.
Foram duas multas: uma, de R$ 5 mil, em que usou palavreado rasteiro para ofender o prefeito, e outra, do mesmo valor, por divulgar matéria sabidamente inverídica. O valor das multas será direcionado ao Fundo Partidário Nacional. As postagens haviam sido retiradas em liminar decidida pelo mesmo juízo.
O PSB em Maringá apoia oficialmente a Coronel Audilene, do Progressistas, no entanto o presidente do partido em suas redes sociais faz propaganda para outros candidatos e não para a militar da reserva. O vice de Audilene é Marco Meger, filiado ao PSB presidido por Grillo. (inf Angelo Rigon)

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.