Motoristas afirmam que estavam a 60km/h

0
12

Please enter banners and links.

Os dois motoristas que causaram vários prejuízos em um acidente na avenida Joaquim Duarte Moleirinho, no Jardim Alamar, na noite do último sábado (18), se apresentaram na tarde desta sexta-feira (24) na Delegacia de Trânsito de Maringá.
Nicolas Pedro Mariussi Pressi, 24 anos, motorista do VW Golf, e Luccas Henrique da Silva Simões, de 19 anos, motorista da caminhonete VW Amarok, compareceram com seus advogados e foram ouvidos por um escrivão e o delegado Rodolfo Vieira.


No depoimento, que durou algumas horas, os motoristas negaram que estavam praticando racha, e quando aconteceu a batida entre a caminhonete e o Golf, a velocidade que estavam transitando na via era de mais ou menos 60km/h. De acordo com um dos motoristas, a caminhonete teria colidido no Golf e causado todo o estrago em demais veículos que estavam estacionados na avenida.
O delegado de polícia contesta a versão dos motoristas, dizendo que os condutores estavam tirando racha em via pública. A Delegacia de Trânsito está colhendo várias imagens de outros pontos da avenida para anexar no inquérito policial. O delegado vai autuar os dois condutores pela prática de racha. Os dois motoristas foram liberados na sequência pela autoridade policial. (inf André Almenara)


Warning: A non-numeric value encountered in /home/maringamanchete/www/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 352