DenúnciaJustiçaParanázDestaque

MP dá detalhes da prisão de capitão da PM

O coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, procurador de Justiça Leonir Batisti, dará detalhes na manhã desta seguda-feira sobre a investigação que resultou na prisão de um oficial da Polícia Militar que atuava na regional do Gaeco em Foz do Iguaçu.
No sábado, o o capitão Elias Wanderlei Marinho, da Polícia Militar do Paraná de Foz do Iguaçu ,foi preso em flagrante pelo Gaeco do núcleo de Curitiba, em decorrência de uma investigação de corrupção passiva.
O militar foi denunciado por exigir pagamento de propina (R$ 100 mil) de um empresário. Procurado pelo denunciante, o MP marcou e fotocopiou as cédulas no valor de R$ 20.150,00, dinheiro que foi entregue em encontro no bairro Campina da Siqueira, em Curitiba. Após a entrega da propina o capitão da PM foi abordado e o dinheiro encontrado.
O militar teria tentado o suicídio depois que foi levado para a sede do Gaeco. (inf Angelo Rigon)

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.