MP reconhece legalidade de contribuições às associações de municípios do Paraná

0
22

Please enter banners and links.

O Ministério Público Estadual (MP) emitiu parecer sobre a consulta feita pela Associação dos Municípios do Paraná (AMP), onde reconhece a legalidade das contribuições feitas pelas 399 prefeituras do Estado às organizações de representação, desde que haja previsão nas leis orçamentárias locais. O MP recomenda, ainda, que a escolha da organização de representação considere os princípios constitucionais da impessoalidade, da publicidade e da eficiência na Administração Pública.
Ainda de acordo com o Ministério Público, as associações devem se submeter ao controle do Tribunal de Contas e do próprio MP, pelo fato de gerirem recursos públicos. O parecer sugere, finalmente, que as contratações de pessoal nas associações sejam realizadas por meio de processo simplificado e regras impessoais.

O parecer é assinado pelo procurador de Justiça e coordenador do Centro de Apoio Operacional da Promotoria do Patrimônio Público (CAOPPPOT), Bruno Sérgio Galati, e pelos promotores de Justiça, Maria Cecília Delisi Rosa Pereira, Gustavo Henrique Rocha de Macedo e Leonardo Dumke Busatto.
A informação foi repassada aos prefeitos e dirigentes de associações regionais de municípios que participaram da assembleia geral promovida pela AMP, no dia 25 de outubro, em Curitiba, conduzida pelo presidente da organização e prefeito de Coronel Vivida, Frank Ariel Schiavini.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAmigos da Imprensa
Próximo artigoVida nada fácil…
contato (44) 99803-1491 agnaldorvieira@gmail.com

Warning: A non-numeric value encountered in /home/maringamanchete/www/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 352