MaringáJustiçaMídiaPolítica

Partidos e coligações entram com mandado de segurança para poder colocar programa eleitoral no ar em Maringá

Custo de entrega da mídia pode inviabilizar o horário eleitoral gratuito

Doze dos treze partidos e coligações que têm candidatos a prefeito de Maringá ingressaram hoje com mandado de segurança junto ao Tribunal Regional Eleitoral para garantir a veiculação dos programas do horário eleitoral gratuito, ameaçada por causa do valor que custa o sistema de entrega imposto pela RPC para receber as mídias. Pelo calendário eleitoral, o horário começa amanhã, mas não houve acordo em Maringá.
A se atender as imposições feitas pela RPC/Globo, cada partido e/ou coligação terá um gasto extraordinário para a entrega dos programas, gravados por produtoras. Para se ter uma ideia, o envio mínimo neste final de semana custará entre R$ 8 e R$ 12 mil a cada partido. A TV Maringá se dispôs a aceitar o material em pendrive, mas a RPC não abre mão de players pagos, que podem custar, dependendo do caso, até R$ 120 mil a cada coligação e/ou partido.

A situação é inusitada, nunca aconteceu num pleito local. No mandado de segurança, de forma urgente – há uma possibilidade de os programas sequer irem ao ar -, os autores alegam que a imposição das emissoras descumpre o artigo 68 da resolução 23.610/2019, “acarretando cerceamento do direito dos candidatos ao usufruto da propaganda eleitoral gratuita, vez que, grande parte, não possui e não provisionou tais gastos, com o simples envio do material de mídia”. Eles enfatizam que não se trata do formato de mídia exigido, mas simplesmente de como efetuar a entrega do arquivo às emissoras, o que poderia ser feito inclusive por serviços gratuitos disponibilizados na internet. “A Autoridade Coatora determinou que sejam realizadas de forma eletrônica por plataforma específica e PAGA, a qual possui alto custo operacional”, diz trecho do mandato. (inf Maringá News)

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.