Polícia investiga fraude milionária contra agência bancária

A Polícia Civil do Paraná cumpre cinco mandados de busca e apreensão em Maringá e em duas cidades do noroeste do estado nesta terça-feira, 19. Os mandados judiciais se referem a uma investigação que apura uma fraude milionária contra uma agência bancária da região.
Segundo informações da polícia, o gerente de uma agência do Banco do Brasil localizada no noroeste do Paraná e um microempreendedor são investigados. A fraude pode ter movimentado indevidamente R$ 60 milhões.
As buscas foram realizadas simultaneamente em Maringá, Loanda e Porto Rico.
As investigações começaram em outubro do ano passado, quando a agência entrou em contato com a polícia para denunciar o fato. Conforme a denúncia, o gerente geral da agência bancária em questão teria alterado senhas dos gerentes subordinados a ele para fazer uma transferência para a conta do microempreendedor investigado.

O empresário, então, transferiu a quantia de forma fracionada a outras três contas jurídicas. “De acordo com o que foi apurado, a troca de senha ocorreu sem conhecimento e autorização dos funcionários portadores delas. O fato teria ocorrido, pois, para que a transferência do alto valor fosse autorizada, era necessário que houvesse concessão de três usuários”, explica a Polícia Civil.
A investigação mostrou, ainda, que o gerente teria utilizado a senha de uma gerente de agência do estado de São Paulo para tentar esconder a ação e não ser descoberto. “Através desta senha, o investigado teria tido acesso ao sistema que efetiva a transferência”, ressalta a polícia.
Ao todo, 10 policiais participam da operação.
A investigação deve continuar para identificar mais pessoas envolvidas na fraude. (inf GMC Online)


Warning: A non-numeric value encountered in /home/maringamanchete/www/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 352