Prefeitura busca entendimento sobre atividade do Uber em Maringá

O prefeito Ulisses Maia se reuniu na noite desta quarta-feira (18) com taxistas para discutir a polêmica do serviço de transporte individual de passageiros, semelhante ao táxi, prestado em Maringá pela empresa Uber. Vice-prefeito, vereadores e secretários municipais também participaram do encontro. Uma comissão foi formada para discutir e deliberar sobre o assunto.
O Uber é uma realidade nas principais cidades do Brasil e do mundo. Proibir, apenas por proibir, em outras cidades não deu certo. Queremos construir junto com vocês uma solução que resolva de fato o problema. Do jeito que está, não vai ficar”, disse o prefeito.
Fiscais da prefeitura embargaram o escritório onde a empresa está instalada em Maringá sem alvará de funcionamento. A ação aconteceu na tarde desta quarta. O artigo 3º da lei municipal n. 888/2011 estabelece que “a localização de quaisquer atividades no Município dependerá de prévio alvará de licença da municipalidade”. Em caso de descumprimento da notificação, a multa será dobrada e poderá resultar na interdição do escritório da empresa na cidade.

reuniao taxistas (2)

Comissão: Participarão da comissão o secretário de Mobilidade Urbana, Gilberto Purpur, e o agente fiscal Marco Antônio Lopes de Azevedo, representando a Prefeitura. Os vereadores Homero Marchese, Onivaldo Barris, Do Carmo, Carlos Mariucci e Belino Bravin, pela Câmara Municipal. Representando os taxistas, Rodolfo Lomba, Marcos Vinicius Godoi, Marcelo Coutinho, Wladimir Ribeiro, Alessandro Pereira dos Santos, Charles Dantas e Olavo Sperandio.


Warning: A non-numeric value encountered in /home/maringamanchete/www/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 352