Procon formaliza multa ao SuperMuffato

(foto ilustrativa)

O Procon de Maringá multou na tarde de hoje o SuperMuffato, do Novo Centro, em R$ 497.037,04. A multa foi porque o estabelecimento não cumpriu serviços, conforme denúncias de consumidores.
O supermercado também foi notificado em apresentar justificativas sobre problemas nos serviços em até 48 horas. Há prazo de dez dias para recorrer da multa. “Recebemos denúncias de clientes e constatamos os problemas”, explica o fiscal Bruno Cesar Bieli, conforme Código de Defesa do Consumidor.

Entre as situações reclamadas estão não funcionamento do Serviço de Atendimento ao Consumidor. O delivery não cumpre o prazo de entregas anunciado pela empresa. Pedido de cancelamentos pelos clientes não é atendido. Durante conversa com fiscais, gerente comentou que há grande volume de compras e que mercado está tentando fazer serviços dentro do prazo. Foi improvisada estrutura num dos cantos do mercado para o delivery, inclusive com funcionários trabalhando com notebook em cima de um balcão do lado da praça de alimentação.
O mesmo SuperMuffato já foi autuado pela fiscalização da Secretaria da Fazenda no último sábado descumprindo o decreto municipal 445/2020 em prevenção ao coronavirus. Fiscais flagraram porta aberta sem controle de fluxo de pessoas, aglomeração, caixas próximos sem estarem intercalados, entre outros. Hoje, durante notificação do Procon, foi verificado novamente que caixas estavam próximas sem estarem intercaladas. A cena foi fotografada.

NÚMEROS – Ontem, a Ouvidoria da prefeitura recebeu 469 denúncias. Rendendo 262 vistorias e sete autuações. Desde o dia 20 foram 9.347 denúncias, 1.785 vistorias, 150 notificações e 60 autuações. No total, somando operações entre SeFaz e Procon foram 50 multas somando R$ 779.293,04, entre descumprimento do decreto ou falhas na prestação de serviços para consumidores. Ações de hoje do Procon, SeFaz e Saúde tiveram apoio da Guarda Municipal e cobertura da imprensa.


Warning: A non-numeric value encountered in /home/maringamanchete/www/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 352