JustiçazDestaque

Procurador vai apurar atuação de Barros

De Camila Mattoso e Rubens Valente, na Folha.com:

O Ministério Público Federal do Paraná acionou promotores de Justiça de 14 municípios do Estado para sugerir uma investigação da atuação do ministro da Saúde, Ricardo Barros, em campanhas de candidatos nesta eleição.
Os ofícios, assinados pelo procurador Alessandro José Fernandes de Oliveira, foram enviados para as cidades na última terça-feira (11).
Como mostrou a Folha, Barros utilizou a agenda oficial da pasta para participar de comícios e caminhadas com candidatos a prefeito.
Durante os atos, ele chegou a fazer promessas de construção e reforma de hospitais e falou em colocar recursos públicos à disposição das gestões, no caso de vitória dos aliados.
A resolução em vigor da Comissão de Ética Pública da Presidência proíbe aos ministros fazer promessa cujo cumprimento dependa do cargo, prejudicar o exercício de suas funções e recorrer a evento oficial para viajar com propósito eleitoral.
No documento, o procurador aponta que as notícias da atuação de Barros podem “indicar a possível ocorrência de abuso de poder de autoridade em benefício de candidatos nas eleições”.
De acordo com a Procuradoria, cada município vai analisar o que fazer com o caso, podendo pedir até mesmo a cassação de mandatos daqueles que contaram com o apoio do ministro.
Nos locais em que a reportagem encontrou promessas do ministro, dois dos três candidatos tiveram bons resultados na eleição.
No município de Marialva, onde Barros prometeu construir um hospital em evento em setembro, ele apoiava o candidato Victor Martini (PP), que foi eleito prefeito com 69,9% dos votos.

Outro lado
Procurada, a assessoria do Ministério da Saúde respondeu que o ministro exerce suas atividades conforme as orientações da CGU (Controladoria Geral da União), dentro do entendimento de agente político, e de acordo com as orientações do Tribunal Superior Eleitoral.

Mostrar mais

redação

contato (44) 99803-1491 agnaldorvieira@gmail.com

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.