Procurador Geral da Prefeitura de Maringá Luiz Carlos Manzato
Procurador Geral da Prefeitura de Maringá Luiz Carlos Manzato

 

 

De acordo com o procurador-geral do município de Maringá, Luiz Carlos Manzato, três servidores públicos municipais estão envolvidos na operação de busca e apreensão feita hoje pelo Gaeco e Promotoria de Proteção do Patrimônio Público.Os nomes não foram divulgados.

Umberto Crispim, secretário do Meio Ambiente, acompanhando os policiais do Gaeco
Umberto Crispim, secretário do Meio Ambiente, acompanhando os policiais do Gaeco

 

 

Dois deles seriam fiscais da secretaria comandada por Umberto Crispim, um dos coordenadores da campanha de Silvio Barros; um seria cargo comissionado. Manzato adiantou que todos seriam exonerados.

policiais O Gaeco também fez busca e apreensão nas residências dos investigados, antes de  ir ao paço municipal. Eles estariam envolvidos em corrupção passiva; aplicariam multas e indicavam um profissional para regularizar a situação. Um empresário também é acusado de envolvimento. (inf Angelo Rigon/foto André Almenara)