Beleza e Estética

Revista Sexy divulga primeira capa após pandemia

A primeira edição da revista Sexy publicada após a pandemia do Covid-19 surpreendeu. Quebrando padrões, a edição estampa na sua capa de outubro um estilo diferente das mulheres bombadas que costumam estampar seus ensaios. Apostando na sensualidade de um perfil mais “ninfeta” a publicação mostra a paranaense Kitty em um ensaio super sedutor.
Meu perfil realmente é outro. Sou mais ninfetinha e tenho a impressão que isso atrai os homens, recebo muitos elogios. Meu ensaio foi pensado para ressaltar esse lado mais juvenil

Kitty Capa Revista Sexy Outubro de 2020 51 Revista Sexy divulga primeira capa após pandemia

Sobre a preferência dos homens pelo perfil de mulher mais bombada, a beldade de apenas 20 anos e um metro e cinquenta e quatro de altura desconversa: “Não acho que os homens prefiram as altas e bombadas, pelo contrário. Garanto que faço mais sucesso que muitas saradas que vejo por aí.”
Apesar da publicação as comemorações permanecem impedidas. Sem a liberação da prefeitura de São Paulo para realização de eventos noturnos, Kitty não pôde comemorar com os fãs. “Infelizmente não foi possível fazer a tradicional festa de lançamento. Comemorei apenas com amigos mais próximos, mas assim que as festas forem liberadas vamos tirar o atraso“, disse aos risos.

A publicação está nas bancas de todo o país. (fotos: Vida Torres / Lipe Aramuni / Ag. Luxxus)

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.