Brigou com a namorada, furtou o carro da sogra, atropelou policial e acabou morto

0
17

Please enter banners and links.

No início da madrugada deste sábado (4), policiais militares do grupo ROCAM atiraram e mataram Valter Luiz de Almeida, 33 anos. A ocorrência aconteceu no cruzamento das avenidas Riachuelo com Paissandu, na Vila Operária, em Maringá.

Valter estava ocupando um automóvel VW Gol e fugiu de um cerco policial. Depois de uma intensa perseguição, na tentativa de abordar o veículo os policiais quase foram atropelados pelo carro.
Já na rua Furtado de Mendonça, o condutor deu marcha a ré no automóvel atropelando duas motos da ROCAM. Os soldados efetuaram tiros contra o veículo e contra o motorista que morreu na hora.
De acordo com o Comando da Polícia Militar, na noite de sexta-feira (3), policiais militares foram chamados para atender uma ocorrência de roubo de um veículo VW/Gol no Jardim Liberdade. A informação era de um homem de 33 anos que teria se apropriado do veículo de sua sogra. Valter Luiz teria agredido a namorada e exigido o pagamento de uma dívida para realizar a devolução. Além disso, a Polícia Militar constatou que o suspeito estava sendo procurado pela Justiça por um mandado de prisão por roubo. Valter Luiz já foi preso também por porte ilegal de arma de fogo. O corpo do rapaz foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Maringá. (inf/foto André Almenara)


Warning: A non-numeric value encountered in /home/maringamanchete/www/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 352